Home » Queda de Cabelo nos Homens » Queda de Cabelo Masculina
Queda de Cabelo Masculina

Queda de Cabelo Masculina

Apesar das mulheres terem uma relação muito mais estreita com o cabelo, os homens têm hoje em dia uma maior preocupação com o seu visual, sendo que o cabelo é um factor essencial para manter a boa imagem. Mesmo que a queda de cabelo masculina seja mais comum do que a feminina, é igualmente importante tratar da situação para que não haja repercussões na sua vida mais tarde.

É natural e extremamente normal perder uma média de 80 cabelos por dia, o grande problema é quando esse número é maior e o problema persiste durante demasiado tempo, sendo que é essencial tratar o problema rapidamente. Na maioria dos casos, a queda de cabelo masculina é hereditária, mas pode ser controlada e desacelerada, através dos tratamentos específicos e eficazes que hoje em dia existem no mercado.

Assim como acontece com a nossas células cutâneas, que se renovam naturalmente e automaticamente, acontece o mesmo aos nossos cabelos, portanto a queda deste é algo normal e que deve até ser encarado como obrigatório para a boa saúde do mesmo e do couro cabeludo. Em termos práticos, um ciclo de vida médio de cada fio de cabelo é de 2 a 7 anos, sendo que cada folículo é capaz de produzir um novo durante a fase de crescimento do anterior, portanto em toda a nossa vida cada um deles vai produzir entre 25 a 30 ciclos destes. Contudo, devido a inúmeros factores e causas, este processo poderá ser acelerado e quando não existe um processo normal de um fio de cabelo a substituir outro, o mais certo é começar a notar-se algumas zonas do couro cabeludo mais que outras, a tão temida calvície.

Queda de Cabelo Masculina

No que diz respeito aos homens, a queda de cabelo masculina é mais comum, sendo que na maioria destes casos, o problema ocorre nos homens que produzem de forma excessiva a enzima 5 alfa-redutase, que tem como função transformar a testosterona num derivado, denominado de di-hidrotestosterona.

Actualmente, segundo estudos e estatísticas apresentadas recentemente, mais de 50% dos homens são afectados por este problema, sendo que esta é gerada essencialmente por factores hereditários, mas existem outros factores e causas que devem igualmente ser analisados. No caso dos homens, a queda de cabelo começa pelas entradas, mas também a zona de trás da cabeça é afectada, ficando apenas uma espécie de anel de cabelo na zona da nuca.

Causas da queda de cabelo masculina

Apesar da grande maioria dos homens sofrer de queda de cabelo masculina por problemas hereditários, outros podem ter que lidar com a situação devido a inúmeros factores, seja um simples, mas forte, choque psicológico, o stress e ansiedade de uma vida ocupada e atarefada, uma alimentação desequilibrada e falta de descanso ou então a administração de medicamentos específicos, nomeadamente anti-coagulantes ou tratamentos para o cancro.

Tratamento para a queda de cabelo masculina

Antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, por muito bons que haja no mercado nos dias de hoje, nomeadamente o Minoxidil e a Finasterida, é extremamente importante procurar um dermatologista para analisar ao pormenor as causas e a evolução do problema, dando assim o tratamento adequado para os objectivos de cada um.

Hoje em dia existem vários tratamentos disponível no mercado, desde shampoos, às loções e até fármacos via oral que visam desacelarar o processo da queda do cabelo e até mesmo fazer com que os folículos ganhem uma nova energia. Os tratamentos de transplante de cabelos ou as outras técnicas cirúrgicas estão também a ganhar um enorme avanço e fama, pelos seus resultados e eficácia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *